Imagens, Comentários e Estórias de Valdanta (Chaves) e das suas gentes. O meu endereço é "pereira.mos@sapo.pt"
Sábado, 9 de Dezembro de 2006
O Natal já não é o que era!

 

É claro que não. O Natal já não é o que era. Hoje come-se tudo, compra-se tudo, esbanja-se tudo. Enfim é uma farturinha.

Mas houve tempos que não era assim, passava-se fome, comia-se apenas o que havia, quando havia e bebia-se alguma coisa que estava guardado para as festas. Também me lembro de se beber um cálice de vinho do Porto de uma garrafa oferecida pelo Quim da Zalinda, que era o dono da mercearia /taberna, aos clientes anuais que punham as contas em dia por volta do Natal. Mas as pessoas eram felizes. Não tinham as preocupações que agora nos afligem, como os robots, as playstations, grandes sistemas de vídeo e áudio, enfim, uma infinidade de objectos que vieram facilitar as nossas vidas mas que, se mal utilizadas são uma droga.

E toda esta conversa fiada para quê? Para vos contar como o ti Lampianista consoou há muitos anos atrás. Esta casa era dele e foi ele quem a mandou construir, embora não fosse tal como está agora, mas até a achava mais bonita como era antigamente. Chamavam-lhe Lampianista porque tinha exercido esta profissão em várias estações de comboios da CP, também conhecidos por "Texas".

O ti Lampianista não era uma pessoa muito activa e também não era de grandes falas. Também não tinha grandes liberdades nem opiniões na gerência familiar. Era casado com a tia Joaquina Berneque e ela é que punha e dispunha.

Naquele dia de Natal e depois da noite de Consoada, o ti Lampianista sai da casa dele em direcção à fonte, resmungando sozinho que aquilo nem era Natal nem nada.....   que passava fome... que até no Natal o queriam matar à fome...

Apregoando esta ladaínha lá vinha ele por ali fora, quando alguém lhe pergunta:

- O que é que tem? Passa-se alguma cousa de grave? Sem resposta directa e sempre resmungando lá seguiu o seu caminho.

Mais atrás aparece a tia Joaquina a quem perguntam:

- O que é que fez ao seu home? Atão num le deu de comer?

- Pruquê? Perguntou ela.

- Ele diz qu'assim num é Natal nem é nada. Atão num tiberam um bô Natal?

- Num sei que milhor queria: "Uma redonda de pão, um prato de milhos e um copo de binho". Inda qria milhor Natal?

 

 



publicado por J. Pereira às 22:49
link do post | comentar | favorito

3 comentários:
De Tupamaro a 10 de Dezembro de 2006 às 00:19
Sr. Pereira, se deixa de nos deliciar com as suas «histórias», assim contadas e ASSIM ESCRITAS, peço ao Coronel……….. que lhe aplique “CEM ANOS de PRISÃO DISCIPLINAR AGRAVADA …. a cumprir na PRISÃO DESTA VIDA TERRENA …. ACOMPANHADO POR UMAS SETENTA E DUAS Virgens Abduli-Abdula! E a Traduzir para Quicongo ou Quimbundo os Contos das Mil e Umas Noites que passou ao relento…«rinhónhó»!!!
Saúda-o com amizade e estima
Tupamaro


De J. Pereira a 10 de Dezembro de 2006 às 22:53
Em Kimbundo, kicongo, Fiote, Umbundo ou Mukankala ainda seria mais bonito, porque com essa gente também fui muito feliz e adorei viver com eles.
O meu bem haja pelo estímulo e um abraço amigo para si. Zé Pereira


De Dinis Ponteira a 12 de Dezembro de 2006 às 01:41
lindas fotos no Slide. um abraço


Comentar post

J. Pereira
Março 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


O Tempo em Valdanta
blog-logo
Flavienses TT
Visitas
posts recentes

Uma Matança em Valdanta

Mais reis

Os Reis de 2013 cantados ...

S. Domingos

Cantos da minha paixão

O Folar de Chaves

Neblina até Curalha

Grupo AMIZADE

CALDO DO POTE (para o Nov...

Boas Festas

O Cando com Encanto

Valdanta está em festa

Festa de S. Domingos - Pr...

Um amigo está doente

“Maldição de S. CAETANO(?...

Xinder

Princípio do Fim

Brincadeiras

UMA PÁSCOA EM TEMPO DE CR...

Missa de 7.º Dia

Recantos da minha Terra

Geração à Rasca

Valdantenses por outras p...

A Primavera vem aí

S. Domingos 2011

Amendoeiras em Flor

Reflexos

Tive Sorte

Recantos

Beleza de Valdanta e do M...

Esclarecimento

O recreio da minha escola

Um bom serão

Torneio de FUTSAL

Os Reis

Hoje é dia de Reis

Feliz 2011

Feliz Natal

Matança do Reco na ABOBEL...

O Blero

G. D. de Chaves (anos 50)

4.º Aniversário do Blog

S. Domingos - Resumo da s...

Ovelheiro

Igreja da Abobeleira

Nadir Afonso - Doutor Hon...

Encontro dos Bloguistas d...

Recanto de Valdanta

A D. Maria Isabel faleceu

É preciso ir aos treinos

arquivo

Março 2013

Janeiro 2013

Agosto 2012

Maio 2012

Março 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006