Imagens, Comentários e Estórias de Valdanta (Chaves) e das suas gentes. O meu endereço é "pereira.mos@sapo.pt"
Segunda-feira, 2 de Março de 2009
Justiça em Valdanta

 

Se há alguma coisa em Valdanta de que eu me orgulhe é da pacividade da sua gente. Em Valdanta nunca houve grandes quezílias, barulhos, zaragatas ou questões de tribunal.

As gentes de Valdanta são, por norma, ordeiras e pacíficas. Nunca foram de grandes problemas com partilha de heranças nem com açambarcamento de propriedade alheia, fosse ela pública ou privada. Nunca houve quem gostasse de se estender mais que a manta, porque ficaria com os pés de fora e apanhava frio.

Com a justiça, recordo-me, com muita tristeza, do assassinato de um criado do Zé Bernardo, chamado Francisco, por uns homens de Soutelo que num dia de feira em Chaves, depois de bem bebidos não gostaram de uma palavra que o tal Francisco lhes dirigira na taberna do ti Folecro e com aguilhadas e jugos lhe bateram tanto que o mataram já dentro do curral da tia Dídia.

Foi triste, cobarde, cruel e não sei que mais, pois ninguém foi capaz de acudir ao homem, que até era muito pacífico e boa pessoa.

Mais triste ainda, foi quando em tribunal ninguém apareceu para apontar o dedo e acusar os cobardes assaninos que só com a força do vinho e em alguém que está completamente desprotegido mostraram a sua valentia, nem a dona desta casa  que, por acaso, até se encontrava dentro da sua residência quando no seu próprio curral cometeram este horrendo crime foi capaz de dizer uma palavra em defesa deste homem e condenação dos assassinos.

Era pobre, um simples criado de servir, por isso não valeria a pena tal incómodo. Os criminosos continuaram assim a passar por Valdanta, pavoneando-se como se fossem uns reis ou até os donos desta terra.

Hoje já não é assim, pois quem tem dinheiro não lhe faltam testemunhas de defesa, mesmo quando a usurpação é um bem comum, portanto, de toda a gente, até deles próprios.

Há pessoas que querem ser mais papistas que o papa.

 

 

 


sinto-me:

publicado por J. Pereira às 23:29
link do post | comentar | favorito

12 comentários:
De Maria da Taberna a 3 de Março de 2009 às 13:55
Já se vê que por Baldanta as coisas andam "bravas", a promiscuidade é muita e as pessoas nem se quer têm noção do que é bem comum!
Pelos vistos grande parte do "povo" vende-se por dez reis de mel coado!
Se já há dois mil anos venderam Cristo por trinta dinheiros, não é agora que se iriam redimir...Mas mesmo assim depois vão bater com a mão no peito para o templo !
Eu não vendo a minha consciência, a minha reformita vai dando pra viver, se calhar quem defende o bem comum não vale apena andar a "comprar" chatices!

Os papões e papistas irão embora e cá há-de ficar a terra que roubaram, pois com eles só levarão sete palmos em cima...ou pensarão eles que não !?!?!



De SHOIO a 3 de Março de 2009 às 17:34
TEMOS QUE TER CUIDADO, E FALAR COM O PRESIDENTE DA JUNTA PARA VER SE TEMOS O NOSSO LUGAR NO CEMITÉRIO, COMO ANDAM A ROUBAR OS BALDIOS TODOS,NÃO SEI SE ESTE TAMBÉM NÃO ESTARÁ JÁ EM NOME DELES!
COM ESTA GENTE NUNCA SE SABE.

ACHO QUE,COM ESTE CHEFE DE BALDIOS AINDA VAMOS SER ENTERRADOS NUMA ALDEIA VIZINHA.

É VERGONHOSO O QUE ESTA GENTE ANDA A FAZER,ROUBAM,MANIPULAM E BRINCAM COM A HONESTIDADE DAS PESSOAS E HÁ MUITA GENTE QUE LHE DÁ PALMADAS NAS COSTAS.

DEVIAMOS LHE FAZER O QUE LHE FIZERAM OS CONTERRANEOS....


De Mário Carvalho a 3 de Setembro de 2009 às 02:09
Shoio presumo que a aldeia que te referes seja Abobeleira certo ??? Na minha opinião penso que devem resolver o problema e encontrar responsáveis com a tal ou as tais pessoas que venderam esses baldios, atitude também criticada na Abobeleira, por isso venho defender a minha aldeia porque não pode pagar por actos infelizes de certas pessoas. Já agora o que fizeram os conterrâneos ??? Não podes meter toda aldeia no mesmo saco até porque são pessoas não sociáveis na mesma ABRAÇO


De Valdantino a 3 de Março de 2009 às 20:58
Como é que um presidente ou membro do conselho directivo dos Baldios, prova que não roubou Baldios?
Ha,Ha,Ha..essa é boa !!!
Ainda não vale Juíz em causa própria...

Penso que o tribunal ainda não vai nessa, nem com todos os abaixo-assinados do mundo !!!

Sendo assim, não havia gatunos, vigaristas e assassinos na cadeia, o abaixo assinado resolvia...não precisavamos de TRIBUNAIS e eu apesar de tudo ainda acredito na Justiça!



De Homem do estadulho a 3 de Março de 2009 às 21:25
é na internaet da lai lai lai lai lai é aqui......
Olhem sabem que mais, já estou farto de me rir desta palhaçada e desta gente falsa que se vendeu aos ricos de Valdanta, tão ladrão é o que assina os assinados como os que roubam os baldios.

estou em querer que a tvi vem mesmo em valdanta no domingo as 3 da tarde... eu pedi aomeu sobrinho que lhe escreve-se para virem
e vou me encostar ao estadulho e se alguem pedir é á estadulhada. assim ficava conhecido e assim na tvi
ficava de barriguinha cheia e tao satisfeito e a tvi gosta de tipos fodidos com eu.
a tvi vou diser
MAIS VALE SER POBRE E SOSINHO DO QUE RICO E ALDRABÃO

valddanta vai ficar na historia


De Bismark a 3 de Março de 2009 às 22:35

Mas que grande baralhada vai aí por Valdanta!
O que é isso de «Ricos?
Quais são os mínimos olímpicos para se ser «rico», aí por Valdanta?
E por aí não há uma Entidade que tem sempre uma palavra a dizer acerca dos bens públicos?
E não há um cidadão, pelo menos, que «interponha uma providência da moda»? (A cautelar, que acautele com cautela as distracções dos incautos de Valdanta, claro!) (Ou escuro?!)
Que Carnaval!

E o que dizem e fazem os que dizem «pretendo sim ser um homem do povo a lutar pelos interesses dos habitantes desse mesmo povo»?!
Só pretendem?
Ah! São só pretendentes!
Não cremos! Vão entrar na luta pelos interesses do povo de que são povo!
A hora está a chegar!

Não andará por aí pinga a mais?
Só falam os da Taberna! O Mário que é Maria; a Maria que não é Mário; a Taberna da Maria que é do Mário; a Taberna do Mário que não é da Maria; o abaixo – assinado que não tem assinatura; as assinaturas que não são assinadas no abaixo-assinado; estadulhos na missa; o Zé Pereira mais confundido do que os que sabem menos (como nós), a lastimar-se:”Gostava de saber o que se passou, pois não sei nada de nada. Expliquem-se.”; papões a paparem papistas; pedidos de socorro à Lai; serenatas à princesa de Valdanta; olhos em bico; cabeças à roda; avestruzes sem cabeça!
Já se fala em cemitério! Almas doutros mundos por aí?!

Que feitiçaria p’raí’ anda!

Não chegam já os prejuízos causados à comunidade com os açambarcamentos de terrenos Baldios? O desrespeito com a construção de casario e muros a «comer» espaço que devia ser para adequada largura de caminhos e estradas? O «roubar» áreas da Freguesia para serem zona chique ou lucrativa da cidade? Mas que pinderiquices vêm a ser essas?

Haja uma alma generosa, paciente e organizada que neste Blogue relate com verdade e ordenadamente os motivos dessa sarilhada toda.

Nós agradecemos o «devido» esclarecimento.
E quando aí formos, lá para o S. Domingos (talvez daqui a 3 anos, se lá chegarmos), oferecemos um «Bock» a todos os beligerantes - ricos, menos ricos, assim-assim ricos, não –ricos, e não-não-ricos!

Em Valdanta não há pobres!


Saudações do Tirol

Bismarck


De Maria da Taberna a 4 de Março de 2009 às 13:59
Senhor Vom Bismark do Tirol, realmente por Vale de Anta vai muita confusão, mas quanto à Maria da Taberna, vai falando assim, porque não pode falar de outra maneira, é que o senhor está lá Longe, prá Áustria ou prá Itália, o Tirol fica prá aí para esses lados não é? O senhor só cá vem daqui a três anos, está longe das ameaças e chantagem dos vigaros e mesmo assim fico sem saber qual a sua "graça"...
Sabe estou prá aqui sózinha , até posso "cair" e esmurrar-me !!!
Sabe é que quem tem cu tem medo !!!
De qualquer maneira ai vai um pequeno resumo da história pela "rama" !

Um determinado Senhor de Valdanta o tal que dizem que é (Rico), comprou um terreno junto a um Baldio. Construiu uma habitação no tal terreno e anexos, só segundo a maior parte da população de Valdanta e Cando parte da casa e anexos foram construídos no Baldio que confrontava com o seu terreno que entretanto vedou incluindo essa parte do Baldio.
A Junta de freguesia da altura em que ele iniciou a construção intentou uma acção em Tribunal, mesmo uma acção não foi a cautelar, para que o referido Baldio fosse restítuido!
No momento da acção estava a construir o que continuou a fazer, até que agora há sentença judicial que determina que onde ele construiu é realmente Baldio.
Já com junta de outra cor tentou evitar que a acção prosseguisse , o que não conseguiu!
Pelos vistos continua a tentar provar que o terreno é sua propriedade e recorreu a abaixo-assinados entre o povo da freguesia, tentando provar isso mesmo, segundo se diz às vezes de forma intimidatória, e os mais "fracos" assinaram...
Portanto Senhor BismarK , a história é mais ou menos esta, e os comentários que vão surgindo penso são de reprovação das atitudes do tal senhor e crítica a quem tem assinado os tais abaixo-assinados!
Quanto ao binho, isso era noutros tempos, agora até cando bem sóbria...

Um beijo cá da Maria...


De chico (frança a 3 de Março de 2009 às 23:18
Eu desconhecia a historia do criado . mas o que se anda a passar com os baldios de VALDANTA é verdade é uma vergonha .


De mulher de valdanta a 3 de Março de 2009 às 23:20
A procissão saiu do adro e a confusão é geral…
É o salve-se quem puder… está à mão de semear!
E ‘quem semeia ventos colhe tempestades’!
Muita gente devia beber muito chá de tília ou camomila pois as ‘tremideiras’ vão começar...


De J. Pereira a 4 de Março de 2009 às 11:20
Para que não se diga que por aqui estamos dum lado ou de outro, peço a alguém que defende a situação actual que venha aqui dizer de sua justiça, pois eu sei que há gente com ideias diferentes das que aqui estão defendidas e que costumam visitar esta página, por isso deviam defender a sua posição.
É que com a história tal como ma contaram eu não posso concordar de maneira nenhuma e acho que tanto os usurpadores como os que os defendem devem ser condenados.
Estarei eu enganado? Não será bem assim?
Esclareçam as pessoas para não serem mal julgadas.


De Catarino a 4 de Março de 2009 às 19:35
faça-se justiça em Valdanta!


De não corrupto a 6 de Março de 2009 às 23:35
Gentalha, gente pouco ou nada séria.
Estiveram tão bem que merecem aparecer na tv. Prémio bem merecido

SE FOSSE POR UM POBRE NÃO ASSINAVAM.
SE FOSSE POR UM POBRE NÃO ASSINAVAM.
SE FOSSE POR UM POBRE NÃO ASSINAVAM.
SE FOSSE POR UM POBRE NÃO ASSINAVAM.
SE FOSSE POR UM POBRE NÃO ASSINAVAM.
SE FOSSE POR UM POBRE NÃO ASSINAVAM.
SE FOSSE POR UM POBRE NÃO ASSINAVAM.
SE FOSSE POR UM POBRE NÃO ASSINAVAM.


Comentar post

J. Pereira
Março 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


O Tempo em Valdanta
blog-logo
Flavienses TT
Visitas
posts recentes

Uma Matança em Valdanta

Mais reis

Os Reis de 2013 cantados ...

S. Domingos

Cantos da minha paixão

O Folar de Chaves

Neblina até Curalha

Grupo AMIZADE

CALDO DO POTE (para o Nov...

Boas Festas

O Cando com Encanto

Valdanta está em festa

Festa de S. Domingos - Pr...

Um amigo está doente

“Maldição de S. CAETANO(?...

Xinder

Princípio do Fim

Brincadeiras

UMA PÁSCOA EM TEMPO DE CR...

Missa de 7.º Dia

Recantos da minha Terra

Geração à Rasca

Valdantenses por outras p...

A Primavera vem aí

S. Domingos 2011

Amendoeiras em Flor

Reflexos

Tive Sorte

Recantos

Beleza de Valdanta e do M...

Esclarecimento

O recreio da minha escola

Um bom serão

Torneio de FUTSAL

Os Reis

Hoje é dia de Reis

Feliz 2011

Feliz Natal

Matança do Reco na ABOBEL...

O Blero

G. D. de Chaves (anos 50)

4.º Aniversário do Blog

S. Domingos - Resumo da s...

Ovelheiro

Igreja da Abobeleira

Nadir Afonso - Doutor Hon...

Encontro dos Bloguistas d...

Recanto de Valdanta

A D. Maria Isabel faleceu

É preciso ir aos treinos

arquivo

Março 2013

Janeiro 2013

Agosto 2012

Maio 2012

Março 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006