Imagens, Comentários e Estórias de Valdanta (Chaves) e das suas gentes. O meu endereço é "pereira.mos@sapo.pt"
Sábado, 14 de Fevereiro de 2009
Candidato PS à Junta de Freguesia de Valdanta

A secção de Chaves do PS apresentou o candidato à Junta de Freguesia de Valdanta da forma que aqui transcrevemos. Esperamos uma boa luta política entre os candidatos, cada um a apresentar as suas ideias e que vença o que melhor defender os interesses da freguesia. Esperamos agora pela apresentação de outros candidatos.

 

 

Defendeu o seguinte:

 

Apelo ao recenseamento

O candidato à Junta de Freguesia de Valdanta, que nas últimas eleições o PSD roubou ao PS, é o mediador de seguros Carlos Manuel Queirós. Tem 41 anos, não tem filiação partidária e também reside nesta freguesia. Na conferência de imprensa de apresentação, mostrou-se “preocupado” com a “forma desordenada” como a freguesia está a crescer e criticou o que considera serem obras “supérfluas” da actual Junta. Exemplo: a cobertura de um tanque de lavar, que, segundo garante, já ninguém utiliza. Enquanto isso, lembrou, por exemplo, que há ruas que não estão pavimentadas e não têm iluminação. Carlos Manuel Queiroz também denunciou a “falta de segurança rodoviária” na freguesia, citando, por exemplo, passadeiras “mal colocadas”, como a que existe em Casas-dos-Montes, à saída de uma curva sem visibilidade. “É uma armadilha para os peões”, observou. “Não vou prometer aos meus munícipes aquilo que sei que não poderei dar. Irei construir um programa eleitoral pela positiva e com um único objectivo: resolver os problemas do dia-a-dia dos habitantes da freguesia”, disse ainda Carlos Queirós. Por outro lado, o candidato apelou também ao recenseamento na freguesia de todos os que lá habitam, o que, neste momento, não se verifica. “Se estiverem recenseados noutra freguesia que não a sua, a verba que lhe diz respeito como habitante vai para essa freguesia”, lembrou o candidato, para concluir que a Junta só poderá satisfazer os pedidos dos moradores se houver verbas.

 

Extracto retirado do Semanário Transmontano de 13/02/2009 onde pode ver com mais pormenor AQUI.



publicado por J. Pereira às 21:06
link do post | comentar | favorito

18 comentários:
De ssvaldanta a 14 de Fevereiro de 2009 às 21:45
Pelo que pude ler desta apresentação de um candidato a nossa junta, depreendo que o senhor não conhece a freguesia, pois nela não existe qualquer passadeira e a passadeira de casas dos montes pertence a santa maria maior. Quanto ao tanque, que se situa no coraçao da nossa aldeia, era melhor estar ao abandono, coberto com chapas de zinco e atestado de lodo. Ainda bem que houve quem olha-se para ele e o requalifica-se para salvar o património historico da nossa terra.


De Carlos Queiroz a 22 de Fevereiro de 2009 às 01:17
Caro anónimo em relação ao comentário que o Sr. . faz á noticia que aparece no jornal Semanário Transmontano de facto dá para perceber que existem passadeiras na freguesia (informo que não sou jornalista e não fui eu que escrevi a noticia) acontece que não foi isso que eu disse. O que eu disse foi que em relação á prevenção rodoviária é necessário fazer algo, tal como criar passadeiras e disse que tal a ser feito teria todo o cuidado na colocação das mesmas e dei como exemplo a não seguir uma das passadeiras colocada em Casas dos Montes como poderia ter sido em Bóbeda ou na nossa cidade (tenho 41 anos e desde o meus seis anos que vivo em Vale de Anta dai que devo ter bem noção de que Casas dos Montes não pertence á freguesia). A freguesia de Vale de Anta não se resume á aldeia de Vale de Anta, procure bem na freguesia que é capaz de encontrar alguma passadeira. O Sr. . que fez este comentário provavelmente não vive numa rua sem iluminação e sem pavimentação digna, porque não quero acreditar que ficaria impávido e sereno a ver obras como aquela que eu mencionei a serem concebidas e não haver se quer uma alma viva a tirar proveito da mesma. Não sou contra estas obras, não estarão em primeiro plano. È de lamentar que haja pessoas que procurem tirar uma 2ª interpretação do que é dito. Dá para perceber quais são as suas inclinações em relação ao candidato que mais o satisfaz, pois vou informa-lo de que em relação ou actual presidente o Júlio não tenho absolutamente nada contra ele antes pelo contrário, é uma pessoa com quem me relaciono muito bem, foi das primeiras pessoas a quem informei pessoalmente que eu era candidato á Junta, de uma forma salutar que é assim que eu sei estar e é caracteristico da minha pessoa e é desta forma que pretendo levar a campanha até ao fim.
Carlos Queiroz


De Luís da Granginha a 15 de Fevereiro de 2009 às 22:59
É uma pena que os Nossos Rapazes, sendo tão Bons, percam o tino quando se aproximam do palco da política!

A fazer-se fé na «aragem» do Semanário, a carruagem é fraquitolas, e quem lá vai ...


Hoje ficamos por aqui.
Vamos lá ver se o candidato faz os trabalhos de casa e estuda melhor o seu papel.

Luís da GranGinha


De Carlos Queiroz a 22 de Fevereiro de 2009 às 01:48
Sr. Luís não pretendo ser um politico nem trilhar tais palcos, não me vejo na pele de tal nem me quero sentir como tal, pretendo sim ser um homem do povo a lutar pelos interesses dos habitantes desse mesmo povo.
[Error: Irreparable invalid markup ('<br [...] <a>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

Sr. Luís não pretendo ser um politico nem trilhar tais palcos, não me vejo na pele de tal nem me quero sentir como tal, pretendo sim ser um homem do povo a lutar pelos interesses dos habitantes desse mesmo povo. <BR class=incorrect name="incorrect" <a>O povo</A> </A>não elege um candidato para fazer trabalhos de casa (ser um bom falante, bom discursante), mas sim para fazer trabalhos fora de casa. <BR>Carlos Queiroz


De Abílio a 16 de Fevereiro de 2009 às 11:16
Parece-me que o Camané está a pensar em outros voos pois não se propõe fazer nada na freguesia que é tão grande e tem tantas necessidades, mas pensa ir para as Casas dos Montes colaborar com os de Santa Maria Maior.
Quanto ao recenceamento na freguesia eu propunha que lhes cortassem a água a quem não está recenceado em Valdanta, pois assimtalvez abrissem os olhos. As autoridades que vistoriam, por exemplo, as cartas de condução deveriam comparar todos os dados. Eu já fui multado por ter mudado de residência para a mesma localidade mas para rua diferente e como não alterei os dados "apanhei" por tabela.
Enfim, esperamos mais do que apresentou na apresentação.


De candidato supérfluo a 16 de Fevereiro de 2009 às 20:48
Como achei declarações pouco felizes do candidato do Ps à nossa terra, resolvi dar uma opiniãozita, que também darei se outros aparecerem, que o outro tembém tem culpas no cartório !!!

Como já foi referido em comentários anteriores, as passadeiras a que se refere o candidato do Ps, são de outra freguesia...
O crescimento desordenado, tem a haver com o PDM, que foi aprovado por quem ?... Vale de Anta só cresceu nestes últimos 4 anos?
Olhe que não, Olhe que não...O Boom Urbanistico até se deu nos anteriores oito anos....
O tanque convém estar limpo e coberto para lavar a roupa suja...

Quanto às ruas não pavimentadas, convém primeiro que tenham saneamento, para depois não terem que ser esventradas, por ex:no Bairro da Lama, do Cando à Granjinha, na Granjinha.

Atão aí vai uma ideiazita!!!

Assim na nossa freguesia e no lugar de Vale de Anta:
Proponho na Rua 25 de Abril que conheço bem a requalificação da rua desde o cruzamento para o bairro de Santo António até ao cruzamento para o Outeiro Machado, pois é a rua mais movimentada de Vale de Anta e com habitações de ambos os lados. Assim:
1- criação de passeios, de ambos os lados, excepto em partes da rua que seja demasiado estreita, por ex. junto ao mini-mercado, que deverá ter de um só lado. 2- Colocação de pelo menos um semáforo limitador de velocidade, na rua 25 de Abril. com "radares" no asfalto, nos cruzamentos já mencionados referidos, para que na rua 25 de Abril, entre esses cruzamentos se circule a velocidade de 50 Km /h ou menos!
3- Colocação de passadeiras, com sinalização vertical, pelo menos 3, nesta rua.
1ª Junto ao café rústico.
2ª Junto à casa do Sr. Candidato do ps .
3ª Junto ao inicio da rua da Carreira.

Assim e se me deixarem, já que a campanha já começou, à falta de melhor, irei dando ideias supérfluas e úteis, aos candidatos do regime, à razão de uma por semana até se esgotarem!

Ora digam lá se não sou um idiota...e até podem aproveitá-las para bem da nossa terra, que eu não me importo!!!

Até prá semana...


De A.Cruz a 17 de Fevereiro de 2009 às 21:20
Espero que novas ideias surjam, e qualquer que seja o candidato que vencer, se lembre no próximo mandato dos lugares da freguesia que "aparentemente" não decidem eleições, e por isso esperam sempre pelas sobras... Porque será que as obras de encher o olho, só DECORRIDOS ANOS DOS OUTROS LUGARES DA FREGUESIA TEREM SIDO BENEFICIADOS SE CHEGA À GRANJINHA !!!


De ANONIMO a 20 de Fevereiro de 2009 às 18:06
Para que defender a aldeia e lutar pela aldeia?!
Para que por tras o povo anda a assinar um abaixo assinado a favor de quem anda a roubar a aldeia!
Porque são uns coitadinhos?
Assim não vale apena lutar, se o proprio povo não merece.

Pensem nisto e gostava de ouvir comentarios a cerca do baixo assinado , porque ainda nao li nada aqui sobre isso,ou tambem há corrupção como no caso freeport,e andam abafar isto com recheio ou com fruta.


De A.Cruz a 20 de Fevereiro de 2009 às 21:27
Caro "anónimo", terá razão no que diz, quando refere que não valerá a pena lutar ou defender a aldeia!
Já se sabe que muita gente não olha ao bem comum, mas sim a este ou aquele interesse particular momentâneo ou futuro...

Mas por vezes o amor à terrinha é cego, e determinadas pessoas estão mesmo à espera que quem gosta verdadeiramente do seu torrão desista...e então ficariam com o caminho livre para o açambarque final !

Quanto ao abaixo-assinado que refere, penso sem certeza que seja o que circulou pelo menos na Granjinha e não sei se na restante freguesia para ceder ou dar um baldio na Granjinha, a troco fazer obras da Igreja de Vale de Anta.
Acho que a comissão fabriqueira da Igreja de Vale de Anta não precisa de se meter em confusões, para pagar obras da Igreja, que terá dinheiro suficiente para pagar as obras, por ex. com o produto dos Reis de S.Sebastião que muitos de nós contribuímos, ou com outras verbas próprias da igreja, em último caso um peditório que contribuirá quem quer, mas nunca com algo que é comum, mesmo de não católicos.
Convém por isso não confundir o que é da igreja e o que é dominio público, pelas tais confusões que podem gerar.
O que é certo a que a mim nunca me chegou à mãos nem cheguei a ver o dito abaixo assinado, talvez porque à partida saberem qual a minha posição, acerca de todos os baldios da freguesia que foram e continuam a ser usurpados!
Quero acreditar que quem assinou o dito documento, o tenha feito por excesso de "humildade" e não por qualquer tipo de pressão ou por qualquer outro facto, e então aí a coisa seria mais grave!
O que se verificou com o tal abaixo assinado, foi criar ainda mais fricção entre vizinhos quando "outros" sairam airosamente do problema, havendo "autoridades competentes" para decidir e a lei é clara !

Por isso talvez perante a tal comissão e os interessados o "mau da fita" seja eu e os que se recusaram a assinar o dito abaixo assinado...



De Sem Nome a 20 de Fevereiro de 2009 às 22:51
O assunto não é esse. O abaixo-assinado que o anónimo se refere aconteceu há duas semanas atrás, aqui em Valdanta, e note-se bem, não para beneficiar a igreja mas sim RICOS. E muita gente assinou, onde cobardemente pessoas sem dignidade ficam do lado de quem rouba.
VERGONHOSO



De Anonimo a 21 de Fevereiro de 2009 às 14:55
um abaixo-assinado para beneficiar RICOS que roubam baldios

não dá para entender essas pessoas que assinaram a favor desta gente sem escrúpulos os (RICOS).
é tudo farinha do mesmo saco.

Espero que Deus nosso senhor os perdoe, a todos




De J. Pereira a 21 de Fevereiro de 2009 às 19:44
Gostava de saber o que se passou, pois não sei nada de nada. Expliquem-se.


De ssvaldanta a 21 de Fevereiro de 2009 às 22:27
O autor do abaixo assinado não é o mesmo da comissão de baldios? Quem o nomeou? Ou será que se auto nomeou e com que interesse? Consta-se na nossa aldeia que um processo de um baldio que está na justiça e que esse senhor levou a assembleia de junta, foi por todos os membros da assembleia votado em abstenção, excepto, pelo candidato do PS à junta que votou a favor desse senhor, será que isto que é roto e esfarrapado na aldeia É VERDADE? Gostaria imenso de saber.


De Anonimo a 22 de Fevereiro de 2009 às 13:07
o Carlos Queiros que se prenuncie sobre isto. Apoiar ricos, por mim já perdeste meu.


De ssvaldanta a 27 de Fevereiro de 2009 às 23:03
deduzo que não havendo resposta, o silêncio confirma o que corre no povo, não há fumo sem fogo.


De A.Cruz a 22 de Fevereiro de 2009 às 12:18
Esse abaixo-assinado nem pressupõe qualquer tipo de comentário!
Também não fui abordado para o assinar, se o fosse teria a mesma resposta do anterior.
Neste caso ainda é mais grave, pois há uma decisão judicial para cumprir!
Ou será que os abaixo-assinados já substituem os tribunais?!?!
Quanto aos baldios, são inalienáveis como a lei o diz, excepto quando para benefício das populações e em casos especiais, mas na verdade não é o que acontece, pois foram usurpados no passado e continuam agora.


De pobrezinho que não se vende a 22 de Fevereiro de 2009 às 15:29
Há uma decisão judicial para cumprir mas ao que parece OS RICOS acham que um abaixo-assinado(com assinaturas forçadas) vai mudar a decisão judicial. Estão enganados, o poder dos ricos não substituem os tribunais, nem os compram, os ricos só enganam o povo, os ricos são capazes de tudo por mais uma ssinatura no baixo-assinado


De Alanna a 1 de Abril de 2009 às 14:41
I recently came across your blog and have been reading along. I thought I would leave my first comment. I don't know what to say except that I have enjoyed reading. Nice blog. I will keep visiting this blog very often.

Alanna

http://www.craigslistguide.info


Comentar post

J. Pereira
Março 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


O Tempo em Valdanta
blog-logo
Flavienses TT
Visitas
posts recentes

Uma Matança em Valdanta

Mais reis

Os Reis de 2013 cantados ...

S. Domingos

Cantos da minha paixão

O Folar de Chaves

Neblina até Curalha

Grupo AMIZADE

CALDO DO POTE (para o Nov...

Boas Festas

O Cando com Encanto

Valdanta está em festa

Festa de S. Domingos - Pr...

Um amigo está doente

“Maldição de S. CAETANO(?...

Xinder

Princípio do Fim

Brincadeiras

UMA PÁSCOA EM TEMPO DE CR...

Missa de 7.º Dia

Recantos da minha Terra

Geração à Rasca

Valdantenses por outras p...

A Primavera vem aí

S. Domingos 2011

Amendoeiras em Flor

Reflexos

Tive Sorte

Recantos

Beleza de Valdanta e do M...

Esclarecimento

O recreio da minha escola

Um bom serão

Torneio de FUTSAL

Os Reis

Hoje é dia de Reis

Feliz 2011

Feliz Natal

Matança do Reco na ABOBEL...

O Blero

G. D. de Chaves (anos 50)

4.º Aniversário do Blog

S. Domingos - Resumo da s...

Ovelheiro

Igreja da Abobeleira

Nadir Afonso - Doutor Hon...

Encontro dos Bloguistas d...

Recanto de Valdanta

A D. Maria Isabel faleceu

É preciso ir aos treinos

arquivo

Março 2013

Janeiro 2013

Agosto 2012

Maio 2012

Março 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006