Imagens, Comentários e Estórias de Valdanta (Chaves) e das suas gentes. O meu endereço é "pereira.mos@sapo.pt"
Segunda-feira, 30 de Outubro de 2006
Um pouco da nossa História

Vou transcrever aqui um artigo publicado no jornal Notícias do Douro sobre Valdanta. Não vou fazer qualquer comentário, aproveitando apenas tudo quando foi escrito sobre nós.  Existem alguns casos que foram ultrapassados pelo tempo como é compreenssível.

Notícias do Douro

Valdanta, freguesia com a área de 9,84 km2, uma população de 1 193 habitantes e 943 eleitores, é formada pelas povoações de Valdanta, Abobeleira, Cando e Granjinha. É Presidente da Junta de Freguesia Ana Maria Chaves Romão Moura. O Padre Augusto de Moura é pároco da Freguesia. A escola do primeiro ciclo do ensino básico é frequentada por 21 alunos distribuídos por 2 turmas e o Jardim Infantil por 12 crianças. As aldeias da freguesia produzem, abundantemente, batata, centeio e milho, além de variadas hortaliças. Em Valdanta destaca se, pela sua imponência, a igreja paroquial, contendo um belo campanário lateral e uma pedra epigrafada embutida na parede. Como é um aglomerado urbano situado muito perto da cidade, a sua construção foi sendo modernizada, restando reduzido número de edifícios com traçado antigo. Toda a região que ocupa esta freguesia poderá considerar se uma estação pré histórica, tantos são os vestígios dessa época, que foram encontrados. Mas, a maior importância é lhe conferida, sobretudo, pela estação rupestre, situada muito perto do povoado, no local denominado de Outeiro Machado. É um interessante aglomerado de rochas, com inúmeras insculturas, principalmente na maior de todas, onde abundam centenas de petroglifos com os mais variados e estranhos formatos. Entre eles distinguem se os que têm formato em cruz e em ascia, o machado que deu o nome ao Outeiro. É costume da aldeia o canto dos Reis de S. Sebastião, originado numa promessa centenária, colectiva, para que a peste cessasse de dizimar a população. Nasceu nesta aldeia o notável missionário padre José J. Barrigas, vigário geral de Singapura.

Abobeleira é de grande importância para os estudiosos da romanização pois possui uma barragem dessa época que tem sido motivo de investigação de muitos arqueólogos e historiadores, tentando descobrir qual a função principal desse equipamento. Há quem defenda a tese de que serviria para abastecer de água a Aquae Flaviae, isto é a cidade de Chaves do tempo dos romanos: enquanto que outros historiadores consideram que se destinaria àlavagem do ouro proveniente das minas de Outeiro Machado ou Bachocas. A escola do primeiro ciclo do ensino básico é frequentada por 5 alunos.

Cando por este pequeno povoado passaria uma das grandes vias romanas que de Bracara Augusta seguiria até Asturicam. Como documentos históricos, possui também esta pequena aldeia pedras com insculturas rupestres e um lagar com lagareta, também cavados na rocha. Bonito, bonito é o interior da capela da Senhora da Lapa, do século XVII com um tecto em caixotões ricamente pintados com cenas bíblicas. É nesta aldeia que funciona o Clube Flaviense de Caça e Pesca Desportiva.

Granjinha foi uma vila romana, quando essa civilização dominou esta região. Poderá imaginar se o conjunto arquitectural que nessa época aí existiria se forem analisados os achados que na sua área se encontraram constituídos por aras, mosaicos, capitéis, tijolos, cerâmicas. uma lápide com uma inscrição dedicada aos deuses Lares 12', estelas funerárias e tantos outros vestígios de romanização que se encontram no Museu da Região Flaviense. A marca da mitologia também aí se encontra figurada pela denominada Fonte da Moura. Possui esta pequena aldeia uma das mais interessantes capelinhas românicas ou mesmo visigótica. O altar da capela assenta sobre uma ara romana dedicada à Tutela do Município dos Aquifarienses.

 

 



publicado por J. Pereira às 15:52
link do post | comentar | favorito

6 comentários:
De J. Pereira a 2 de Novembro de 2006 às 10:13
Admitindo e penitencializando-me, confesso que nunca tinha ouvido falar no Padre José J. Barrigas, vigário de Singapura, por isso peço a alguém que tenha conhecimento da referida pessoa que me ajude a colocar aqui um Post.


De Mário Cruz Fontinha a 9 de Dezembro de 2011 às 14:06
Caro J. Pereira, provavelmente, sendo este seu "post" de 2006, já terá tido notícias sobre o Padre José Barrigas. Em qq caso aqui lhe deixo uma breve referência sobre esse meu Tio-Bisavô e tb Tio-Bisavô da Lai Cruz bem como Tio-Avô do João Pereira da Cruz da Granjinha, pessoas da freguesia de Valdanta que, penso, conhece. O Padre José Barrigas nascido em 1851, em Valdanta, era filho de André Joaquim Barrigas Pereira e irmão da minha Bisavó Joaquina Barrigas Pereira, mulher do meu Bisavô João Bernardino da Cruz (Morilho). Qualquer dúvida entre em contacto comigo. Terei muito gosto em trocar informação sobre este ou outros temas. Um Abraço.
PS: Sou um leitor recente do seu blog que conheci por intermédio da Lai e gosto muito de vir por aqui ler coisas novas e velhas, da nossa terra.


De J. Pereira a 9 de Dezembro de 2011 às 23:30
Caro amigo. Não tenho mais notícias sobre o padre José Barrigas, mas cheguei a pensar que seria alguém da família do sr. Domingos "Picholeto", pois suponho que tinha Barrigas de sobrenome, e possivelmente foi, mas sem qualquer certeza nem confirmação.
Pelo seu comentário, vejo que é conhecedor da árvore genealógica da família Cruz, mas não estou a ver a quem pertence.
Gostava de fecto de ter o seu contacto e a sua possível colaboração neste Blog que tem andado muito fraco de post's e com a sua ajuda poderia dar-se uma nova vida. Envie-me para o meu mail o seu contacto para poder trocar algumas impressões consigo.
J. Pereira


De LcC a 4 de Fevereiro de 2009 às 04:04
Ta la mas por que motivo usa as letras a preto?!


De J. Pereira a 6 de Fevereiro de 2009 às 15:18
Obrigado pela chamada de atenção.
Já se pode ler como deve ser.
Um abraço.


De manuel44 a 14 de Dezembro de 2011 às 00:00
OLA AMIGO,DESCULPE A MINHA CURISIDADE, DIGA-ME, ESTE HOMEN FARDADO PARECE-ME O CAPITÃO NUGUEIRA SERA? ELE FOI MEU COMANDE DE COMPANHIA NA POVOA DE VARZIM,GOSTAVA DE SABER DELE, OBRIGADO


Comentar post

J. Pereira
Março 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


O Tempo em Valdanta
blog-logo
Flavienses TT
Visitas
posts recentes

Uma Matança em Valdanta

Mais reis

Os Reis de 2013 cantados ...

S. Domingos

Cantos da minha paixão

O Folar de Chaves

Neblina até Curalha

Grupo AMIZADE

CALDO DO POTE (para o Nov...

Boas Festas

O Cando com Encanto

Valdanta está em festa

Festa de S. Domingos - Pr...

Um amigo está doente

“Maldição de S. CAETANO(?...

Xinder

Princípio do Fim

Brincadeiras

UMA PÁSCOA EM TEMPO DE CR...

Missa de 7.º Dia

Recantos da minha Terra

Geração à Rasca

Valdantenses por outras p...

A Primavera vem aí

S. Domingos 2011

Amendoeiras em Flor

Reflexos

Tive Sorte

Recantos

Beleza de Valdanta e do M...

Esclarecimento

O recreio da minha escola

Um bom serão

Torneio de FUTSAL

Os Reis

Hoje é dia de Reis

Feliz 2011

Feliz Natal

Matança do Reco na ABOBEL...

O Blero

G. D. de Chaves (anos 50)

4.º Aniversário do Blog

S. Domingos - Resumo da s...

Ovelheiro

Igreja da Abobeleira

Nadir Afonso - Doutor Hon...

Encontro dos Bloguistas d...

Recanto de Valdanta

A D. Maria Isabel faleceu

É preciso ir aos treinos

arquivo

Março 2013

Janeiro 2013

Agosto 2012

Maio 2012

Março 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006