Imagens, Comentários e Estórias de Valdanta (Chaves) e das suas gentes. O meu endereço é "pereira.mos@sapo.pt"
Terça-feira, 14 de Outubro de 2008
Melhoramentos para o Clube de Caça e Pesca

 

 

Fui ver as vindimas e deparei com este trabalho, deveras curioso, a pavimentação da rua de acesso ao Clube de Caça e Pesca de Chaves que, como todos sabem, se situa na freguesia de Valdanta, lugar do Cando.
Esta pavimentação nada teria de anormal se as gentes do Cando e da Granjinha estivessem servidas deste enorme bem público e não andassem, há que anos, a reclamar por acessos condignos entre as duas aldeias e entre a Granjinha e sede da freguesia.
Passei pelo Cando para ver quem andava a vindimar e dirigi-me à Granjinha e qual foi o meu espanto e até exclamei um “Ah!...” de satisfação quando ao passar pela casa do Meida vi que havia asfalto fresco. Mas que desilusão e tristeza tão grande s se apoderaram de mim quando passados poucos metros vi que tudo isto não passada de uma mentira pura e simples.
Com tudo isto não quero dizer que os caçadores não tenham direito a ter os caminhos para a caça pavimentados. Até acho que seria muito original que todos os trilhos de caça fossem dotados de um pavimento condigno para que os caçadores não dessem cabo dos seus “todo-o-terreno” que por acaso até nem são nada baratos, nem dessem cabo das botas apropriadas compradas em casa da especialidade. O que acho muito estranho é que as pessoas que moram na Granjinha e que tenham que tratar de qualquer assunto na sede da Freguesia, como por exemplo pedir uma declaração de residência na Junta de Freguesia tenha que ir a Chaves e depois ir a Valdanta. Quem de Valdanta, Cando e Abobeleira tenha assuntos ou interesses na Granjinha tenha que andar a inventar caminhos para chegar ao destino.
Pensem só neste pormenor: -Morre uma pessoa na Granjinha e, por não haver alternativa o defunto terá que ser levado para o cemitério de Valdanta. O agente funerária que não quer dar cabo do seu carro vai pela estrada asfaltada que existe e então vai até às Casas dos Montes e depois para Valdanta com o respectivo cortejo fúnebre atrás dele, ou então as pessoas vão por um lado e o defunto vai por outro acompanhado apenas por quem tem carro.
 
 
Para mim a freguesia de Valdanta continua a ser um todo composto por 4 aldeias todas com os mesmos deveres e com os mesmos direitos e que todas devem ter as mesmas condições de vida pois quando o sal nasce é para todos e não vamos dar aos de fora regalias que nós não temos, pois temos que pensar bem a nossa terra para poder dar também qualidade aos de fora porque isto de dar tudo aos de fora e deixar-lhe fazer tudo com prejuízo da gente local já chegam os muros altos das vedações das casas dos de fora para que ninguém os veja. Parece-me que não metemos medo a ninguém.
Também não entendo porque é a população residente de Valdanta é quase o dobro dos eleitores, mas isto é assunto para outra conversa.


publicado por J. Pereira às 13:38
link do post | comentar | favorito

6 comentários:
De Luís da Granginha a 14 de Outubro de 2008 às 14:17
Mais uma prova dos descarados, atrevidos, e insolentes arranjismos em que essa CÂMARA MUNICIPAL é useira e vezeira.

Vale-lhes a cumplicidade de uma Oposição eivada de preconceitos de conveniência, FRACA e miudinha de horizontes; a sempiterna resignação dos Infelizes que aceitam essas cretinices julgando ganhar assim o reino dos céus; o estranho (cúmplice ou acovardado?!) silêncio das Rádios e Jornais Regionais;e a ausência de uma séria Avalizção das Tutelas ao desempenho desses políticozitos, que nem para amanuenses nós os queríamos!

GRANGINHA!

" TÃO PERTO DE CHAVES e TÃO LONGE DE DEUS"!


Luís da Granginha


De João Carlos a 14 de Outubro de 2008 às 18:54
Mais um exemplo de boa gestão, de beneficiar quem precisa...e de visão estratégica!

Sabemos que há PRIORIDADES !

Pavimentar a rua a uma "Associação", que promove o abate de animais, até que poderá ser uma boa opção, pelo menos para arranjar uns votozitos .
Já agora o que ganhou a freguesia de Valdanta com essa gente por perto ?
Senão vejamos, os associados e suas famílias, sempre serão mais votantes que os moradores, por ex. da Granjinha. Assim entre pavimentar o caminho desde a Granjinha à sede de Freguesia, e o caminho de acesso ao Clube de Caça e Pesca, qual será mais proveitoso em temos políticos ?
Ora digam Lá !

Fico angustiado quando visito a minha freguesia e surgem estes "arranjos" pela frente...
Há lugares, "bairros" de forasteiros, que até nem tenho nada contra "classe", desde que venham por bem. Muitos até "bem intencionados", compraram terreno e construíram onde quiseram e como quiseram, "respeitando" PDM (s) e outras restrições, até se recensearam na freguesia, compraram 500 M2 e construíram em 2500m2 , açambarcaram baldios, construíram muros nos caminhos e continuam a construir, até nesta rua e noutras, "bem fiscalizados". Claro depois sempre haverá uma minoria que cumpre!
Depois temos os tais Bairros, em que moram os tais senhores, que tem água canalizada, saneamento e caminho pavimentado, pois estes até põem as casas à venda e assim sempre serão mais valiosas.
Depois claro está o "pobo ", que não arrebita lá ficará para fim de mandato se alguma coisa sobrar...lá se há-de arranjar uns "seixozitos" pás ruelas!
Primeiro, é preciso acalmar os SENHORES que bão " à junta e levantam a voz Ó Sr. Presidente. Os dos bairros Chiques e das casas à venda em que é preciso pavimentar o acesso!!!
Falando ainda acerca da população de Valdanta, porque é que o Sr.Presidente da Junta, não exige aos que "chegam" à freguesia antes de exigirem qualquer coisa, que façam o seu recenseamento eleitoral ? Saberá o Sr. Presidente da Junta que pela "lei que nos governa", quantos mais eleitores tem a freguesia mais verbas pode receber para os necessários melhoramentos ?


De A.Cruz a 15 de Outubro de 2008 às 13:33
É claro que não posso deixar de discordar desta "obra" !
E isto mesmo já o manifestei ao Sr. Presidente da Junta.
Há ruas para pavimentar mais urgentes na freguesia. Se o acesso ao campo de tiro fosse feito a partir da estrada da Granjinha, além de ser mais rápido a partir de Chaves, matava dois coelhos de um tiro! Pavimentava o acesso da Granjinha até ao Cando , e o Clube de Caça e Pesca, ficava com acesso mais rápido. Assim quem quiser chegar até lá tem de se dirigir ao Cando , voltar para trás, atravessar a povoação, fazer gincana pelos montes, até chegar ao campo de tiro. Tal qual como foi feito com o saneamento, em vez de procurarem conduzir as condutas pela parte mais acessível , percorrendo a rua de acesso à Granjinha, fizerem com que, como ouvi dizer no Cando , por uma morador, aqui nesta terra "até a merda corre para cima"
Mas também quem sou eu, para concordar ou discordar...


De J. Pereira a 15 de Outubro de 2008 às 20:14
Pois é Tó Zé também ouvi dizer no Cando que esta é a única aldeia em Portugal onde a água corre para baixo e a merda para cima. Quem me disse isto está numa fotografia destas.


De Isabel Conchinha a 15 de Outubro de 2008 às 18:08
Ola Sr. Pereira,
Fiquei muito feliz em ver a casa no Cando , do meu Pai " Meida" . Ja faz 9 anos que eu nao vou ao Cando..Obrigado pelo seu blog, eu adoro ver artigos familiares.. .
Isabel


De J. Pereira a 15 de Outubro de 2008 às 20:17
Olá Isabel. Foi precisamente à procura do seu pai que eu deparei com este cenário.
O Meida andava a vindimar para um amigo e por isso não o encontrei, espero que para a próxima o encontre. Mande o seu endereço para pereira.mos@sapo.pt e eu darei mais notícias. Um abraço para os States.


Comentar post

J. Pereira
Março 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


O Tempo em Valdanta
blog-logo
Flavienses TT
Visitas
posts recentes

Uma Matança em Valdanta

Mais reis

Os Reis de 2013 cantados ...

S. Domingos

Cantos da minha paixão

O Folar de Chaves

Neblina até Curalha

Grupo AMIZADE

CALDO DO POTE (para o Nov...

Boas Festas

O Cando com Encanto

Valdanta está em festa

Festa de S. Domingos - Pr...

Um amigo está doente

“Maldição de S. CAETANO(?...

Xinder

Princípio do Fim

Brincadeiras

UMA PÁSCOA EM TEMPO DE CR...

Missa de 7.º Dia

Recantos da minha Terra

Geração à Rasca

Valdantenses por outras p...

A Primavera vem aí

S. Domingos 2011

Amendoeiras em Flor

Reflexos

Tive Sorte

Recantos

Beleza de Valdanta e do M...

Esclarecimento

O recreio da minha escola

Um bom serão

Torneio de FUTSAL

Os Reis

Hoje é dia de Reis

Feliz 2011

Feliz Natal

Matança do Reco na ABOBEL...

O Blero

G. D. de Chaves (anos 50)

4.º Aniversário do Blog

S. Domingos - Resumo da s...

Ovelheiro

Igreja da Abobeleira

Nadir Afonso - Doutor Hon...

Encontro dos Bloguistas d...

Recanto de Valdanta

A D. Maria Isabel faleceu

É preciso ir aos treinos

arquivo

Março 2013

Janeiro 2013

Agosto 2012

Maio 2012

Março 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006