Imagens, Comentários e Estórias de Valdanta (Chaves) e das suas gentes. O meu endereço é "pereira.mos@sapo.pt"
Sexta-feira, 4 de Janeiro de 2008
Desfazer o Porco

 

 

Mais um trecho do livro "Crónica Triste de Névoa" do professor  João Madureira que descreve com muito sentido de oportunidade e realeza os nossos costumes e tradições. O acto do desfazer do porco após a matança tradicional.

… …
Já passados são dois dias, tempo suficiente para se proceder à desfeita dos animais. São horas de arrear os porcos que passaram as últimas quarenta e oito horas pendurados numa trave de cabeça para baixo a escorrer as últimas gotas de sangue para uma malga. Uma corda circunda os presuntos até aos pés, dando-lhes, através da posição flectida dos membros posteriores, uma forma cheia e arredondada que será bem visível quando estiverem a defumar. A manhã está gelada, como convém. João Rato chegou cedo acompanhado do Manuel. O dono da casa esperou-os junto às escadas. Mataram o bicho e desceram à despensa. Arrearam o pesado suíno para cima do banco. Está com deve: rígido como as tábuas de soalho com que o banco foi feito. Manuel e João Domingos seguram-no, enquanto o matador faz o serviço.
O porco é um animal magnífico, pois tudo se lhe aproveita e come, com a devida excepção dos ossos, dos dentes e das unhas das patas.
Com a faca bem afiada. E de vez em quando com a ajuda da machada, o João Rato abre o carpo do animal e retalha-o cientificamente em dezenas de bocados. Passam ao segundo. Baixam-no e põem-no de pé como se estivesse vivo, o matador corta-lhe os pés e a cabeça. Agora a faca maior faz cortes paralelos desde o rabo até ao pescoço para tirar o enguião que cobre os ossos da suã (barba untada barriga vã). Virado de pernas para o ar, separam-se as peças do enguião e tira-se a carne para as chouriças. Metodicamente, apara a rodela à volta do pescoço com a língua e o queixo presos e põe-se de lado. É esta a parte chamada de assadura do abade que se destina ao padre da freguesia. Depois racha a cabeça ao meio e separa os miolos que são comidos fritos com ovo. A cabeça é separada em queixada e orelheiras. Das duas bandas do porco separa os presuntos traseiros. Já em peças, a carne vai logo para a salgadeira e é coberta de sal para não se estragar, Daí sairá para o fumo. Os pedaços pequenos irão, na sua maior parte para a sorsa, de onde serão feitos os enchidos, pois é neste mesmo dia que a azáfama do fumeiro começa. As partes do porco que foram para a salgadeira deverão lá permanecer entre quinze a trinta dias, dependendo do tamanho do animal e do tempo que fizer. Depois será pendurada ao fumo da lareira e aí permanecerá quase metade do ano. Parte dela irá para a toucinheira e a outra para a adega que é local frio e quase sem luz.
Já com o trabalho concluído, sobem à cozinha. Teresa e a comadre vigiam as assaduras que se encontram no braseiro. Os três homens cortam pão, servem-se do petisco e regam tudo com vinho. O João Rato levanta-se, pega na ferramenta e despede-se:
- Vou indo que se faz tarde e ainda tenho muito reco para desfazer.
… …
 
Lembro a todos que no próximo Domingo vamos cantar os reis de S. Sebastião. Vamos todos para parecermos muitos.


publicado por J. Pereira às 10:04
link do post | comentar | favorito

2 comentários:
De João Carlos a 5 de Janeiro de 2008 às 23:49
A Matança do Porco, uma tradição que se vai mantendo ainda pela freguesia de Valdanta , pois o fumeiro e o presunto caseiro, ainda continuam a dar cartas...
Em relação aos REIS DE S.SEBASTIÃO a muito custo se vai mantendo a tradição!
Tenho notícias de que algumas freguesias do concelho têm agendado "Cantares de Janeiras", para estes dias, que com todo o mérito fazem por manter ou reavivar tradições perdidas...
A Junta de freguesia de Valdanta , não consta desse encontro!
Não seria de bom tom a participação da freguesia de Valdanta num encontro deste nível, com os seus Reis de S.Sebastião ?
Fica a pergunta para se "alguém" quiser responder... e também um "lamiré" dos Reis de S.Sebastião , do que outrora ouvia, sem o devido rigor, mas fica a intenção!!!

Viemos dar boas festas.
Viemos por devoção.
Que tenhais boa saúde e princípio de bom ano.
Dai a esmola que puderes para o S.Sebastião.


De accteixeira a 10 de Janeiro de 2008 às 21:21
bem, depois da matança vem o fumeiro e a carne assada na brasa, uhhmm ja tou com agua na boca... Trás-os-Montes no seu melhor!


Comentar post

J. Pereira
Março 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


O Tempo em Valdanta
blog-logo
Flavienses TT
Visitas
posts recentes

Uma Matança em Valdanta

Mais reis

Os Reis de 2013 cantados ...

S. Domingos

Cantos da minha paixão

O Folar de Chaves

Neblina até Curalha

Grupo AMIZADE

CALDO DO POTE (para o Nov...

Boas Festas

O Cando com Encanto

Valdanta está em festa

Festa de S. Domingos - Pr...

Um amigo está doente

“Maldição de S. CAETANO(?...

Xinder

Princípio do Fim

Brincadeiras

UMA PÁSCOA EM TEMPO DE CR...

Missa de 7.º Dia

Recantos da minha Terra

Geração à Rasca

Valdantenses por outras p...

A Primavera vem aí

S. Domingos 2011

Amendoeiras em Flor

Reflexos

Tive Sorte

Recantos

Beleza de Valdanta e do M...

Esclarecimento

O recreio da minha escola

Um bom serão

Torneio de FUTSAL

Os Reis

Hoje é dia de Reis

Feliz 2011

Feliz Natal

Matança do Reco na ABOBEL...

O Blero

G. D. de Chaves (anos 50)

4.º Aniversário do Blog

S. Domingos - Resumo da s...

Ovelheiro

Igreja da Abobeleira

Nadir Afonso - Doutor Hon...

Encontro dos Bloguistas d...

Recanto de Valdanta

A D. Maria Isabel faleceu

É preciso ir aos treinos

arquivo

Março 2013

Janeiro 2013

Agosto 2012

Maio 2012

Março 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006