Imagens, Comentários e Estórias de Valdanta (Chaves) e das suas gentes. O meu endereço é "pereira.mos@sapo.pt"
Domingo, 9 de Dezembro de 2007
O meu aniversário este ano
 
Como você sabe, está chegando novamente a data do meu aniversário.
Todos os anos fazem festa em minha honra e creio que este ano acontecerá a mesma coisa.
Nesses dias as pessoas fazem muitas compras. A rádio e a TV fazem centenas de anúncios. Por todo o canto nesses dias não se fala de outra coisa a não ser dos preparativos para o grande dia.
É bom saber que ao menos uma vez por ano as pessoas pensam um pouco em mim.
Como você sabe há muitos anos que começaram a festejar o meu aniversário.
No começo pareciam compreender e agradecer o que fiz por eles, mas hoje em dia ninguém sabe porque razão o celebram. As pessoas se reúnem e se divertem muito, mas não sabem do que se trata…
Estou me lembrando do ano passado: - Ao chegar o dia do meu aniversário fizeram uma grande festa em minha honra. Havia coisas deliciosas na mesa, tudo estava decorado e havia muitos presentes… Mas sabe uma coisa? Não me convidaram!... Eu deveria ser o convidado de honra mas ninguém se lembrou de mim! A festa era para mim, mas quando chegou o grande dia, fecharam a porta na minha cara. Bem que eu queria partilha a mesa com eles…
Na verdade, não me surpreendeu porque nos últimos anos muitos me fecham a porta. 
Como não me convidaram, ocorreu-me entrar sem fazer ruído. Entrei e fiquei num cantinho. Estavam todos brindando, alguns já estavam embriagados, contando piadas, rindo, divertindo-se…
Aí chegou um velho gordo, vestido de vermelho, com barba branca e gritando: -Ho! Ho! Ho! Parecia ter bebido demais… Deixou-se cair pesadamente numa cadeira e todos correram para ele dizendo: -Papai Noel! Papai Noel! Como se a festa fosse para ele.
Quando chegou a meia-noite, todos começaram a abraçar-se. Eu estendi meus braços esperando que alguém me abraçasse… Quer saber? Ninguém me abraçou. De repente, todos começaram a entregar presente. Um a um os pacotes foram sendo abertos. Cheguei perto para ver se, por acaso, havia algum para mim. Nada! O que você sentiria se no dia do seu aniversario todos se presenteassem e não dessem nenhum presente para você?
Compreendi então que eu estava sobrando na festa… Saí sem fazer barulho, fechei a porta e fui embora.
Cada ano que passa é pior. As pessoas só se lembram da ceia, dos presentes, das festas… De mim, ninguém se lembra.
Gostaria que, neste Natal, você me permitisse entrar na sua vida, reconhecendo que há mais de dois mil anos vim ao mundo para lhe dar a minha vida numa cruz e assim poder salvar você… Hoje só quero que acredite nisso com todo o seu coração.
Vou dizer-lhe uma coisa. Já que muitos não me convidam para a festa que fazem, vou minha própria festa. Uma festa grandiosa como ninguém jamais fez, uma festa espectacular. Estou nos últimos preparativos e expedindo os convites. Este é especial para você. Só quero que você me diga se quer vir!
Reservei um lugar para você e incluirei seu nome na lista dos que confirmaram… Os que não aceitarem ficarão de fora.
Prepare-se porque quando estiver pronto, quando menos esperar, darei a minha grande festa.
Não se esqueça de enviar este convite também aos seus amigos, somente os amigos especiais. Assim como você é especial para mim, com certeza, há vários amigos que sã especiais para você. Desta maneira, vamos fazer uma festa com os “ESPECIAIS”, afinal, “Muitos serão os convidados, mas poucos serão os escolhidos”. Sabe porquê?
Porque poucos aceitarão o convite.
 
Nota: Este magnífico texto foi-me enviado de S. Paulo - Brasil pela Beth, neta do ferreiro de Valdanta. Para ela e para os seus votos de um Feliz Natal e bem haja por este brinde.


publicado por J. Pereira às 20:28
link do post | comentar | favorito

8 comentários:
De Marcelo Barreira a 10 de Dezembro de 2007 às 14:19
É triste mas é a realidade, cada vez mais vai se perdendo o grande significado do Natal.
Felizmente ainda existem pessoas com consciência e que sabem o verdadeiro valor desta data, assim como nossa colaboradora Beth que nos brindou com esse belíssimo texto.
Um feliz Natal a todos !!!!

Marcelo Barreira - RJ - Brasil


De SHOIO a 10 de Dezembro de 2007 às 16:32
LINDO TEXTO Sr. BETH.
TODA GENTE SE QUEIXA QUE A VIDA ESTA MÁ QUE NÃO TÊM DINHEIRO,MAS NESTES DIAS ANDA TUDO LOUCO A OFERECER PRESENTES,A GASTAR RIOS DE DINHEIRO E ESQUECEM-SE DO VERDADEIRO SIGNIFICADO DO NATAL.
SE OFERECESSEM CARINHO,AMOR,AMIZADE ETC.VALEM MAIS QUE QUALQUER PRESENTE
E NÃO MEXE NA CARTEIRA.
BOM NATAL PARA TODOS BLOGUISTAS.


De ÁguasFrias a 10 de Dezembro de 2007 às 23:43
Não é somente um belo texto, muito bem redigido (como este blog já nos habituou) mas também carregado de motivos de reflexão, tendo-me feito "pele de galinha":
Porquê?
Será que também quero ser convidado para essa festa onde são valorizados os sentimentos, as emoções, a fraternidade, ...
Um verdadeiro FELIZ NATAL para todos.


De cmpsantos a 11 de Dezembro de 2007 às 00:03
Parabéns pela beleza do texto,pela reflexão a que nós obriga.!
Muitos deveriam ler este texto antes de se individarem para parecer bem perante outros ou então fazer vista daquilo que não têm.
Para todos aqueles que pensam nos outros antes deles, um bem haja! muita saúde e tudo de Bom!!!
FELIZ NATAL


De Lai Cruz a 11 de Dezembro de 2007 às 01:41
LINDO!!


De J. Pereira a 11 de Dezembro de 2007 às 11:07
Lindo este texto enviado pela Beth. A Beth é neta do senhr António ferreiro, filha do Flávio e vive em S. Paulo - Brasil. No ano que vem, ela e a sua família vão fazer a sua primeira visita a Portugal e a Valdanta (forçosamente). Tem sido uma visitante assídua e colaboradora deste espaço, por isso lhe estamos muitos gratos e desejamos que venha passar uns dias felizes entre nós.
Quanto ao quadro, é uma fotografia de um painel que eu pintei para a igreja de Moncorvo para o Natal de 1987, mas que está muito mal tratado e só aparece por estas alturas, mas muito mal estimado, também a pintura não é grande coisa, mas foi o possível nessa altura.
As pessoas deveriam refletir sobre o conteúdo deste texto e pensar naquilo que devemos festejar e não no que, realmente, festejamos.
Para todos quantos nos visitam um Santo e Feliz Natal.


De Sem Nome a 11 de Dezembro de 2007 às 11:39
Sr. José Pereira, fiquei muito emocionada ao ver o texto que lhe enviei por e-mail em seu blog. Realmente é um belo texto, nos faz refletir sobre o verdadeiro significado do Natal. Alguns dias atrás, tive uma amarga experiência ao falar sobre Natal para um grupo de crianças de 7 a 8 anos. Perguntei o que comemorávamos no Natal, falaram que era um dia especial, pois era dia de ganhar presentes, de comer doces, de ver Papai Noel, mas insisti indagando novamente quem faz aniversário neste dia? Só um arriscou a responder dizendo:”no Natal comemoramos o aniversário do Papai Noel”. Nos dias de hoje, pouco se fala do verdadeiro aniversariante. Jesus tem sido esquecido, mas se soubemos e realmente acreditássemos que o Mestre está o ano inteiro de braços abertos, pronto para nos dar aquele enorme abraço fraterno, nos encher de esperança e coragem para enfrentar os inúmeros obstáculos que surgem em nossas vidas, talvez fosse mais lembrado. Feliz Natal e Próspero Ano Novo, paz, amor e saúde ao senhor, a sua família e a todos que visitam este blog. Abraços Beth.


De dmpires a 13 de Dezembro de 2007 às 10:23
Infelizmente o poder do dinheiro vai-nos transformando a vida reduzindo as mais belas tradições a meros actos de consumo. Os sentimentos ficam de lado.
O texto sobre o Natal de hoje está magnífico, parabéns à Beth.


Comentar post

J. Pereira
Março 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


O Tempo em Valdanta
blog-logo
Flavienses TT
Visitas
posts recentes

Uma Matança em Valdanta

Mais reis

Os Reis de 2013 cantados ...

S. Domingos

Cantos da minha paixão

O Folar de Chaves

Neblina até Curalha

Grupo AMIZADE

CALDO DO POTE (para o Nov...

Boas Festas

O Cando com Encanto

Valdanta está em festa

Festa de S. Domingos - Pr...

Um amigo está doente

“Maldição de S. CAETANO(?...

Xinder

Princípio do Fim

Brincadeiras

UMA PÁSCOA EM TEMPO DE CR...

Missa de 7.º Dia

Recantos da minha Terra

Geração à Rasca

Valdantenses por outras p...

A Primavera vem aí

S. Domingos 2011

Amendoeiras em Flor

Reflexos

Tive Sorte

Recantos

Beleza de Valdanta e do M...

Esclarecimento

O recreio da minha escola

Um bom serão

Torneio de FUTSAL

Os Reis

Hoje é dia de Reis

Feliz 2011

Feliz Natal

Matança do Reco na ABOBEL...

O Blero

G. D. de Chaves (anos 50)

4.º Aniversário do Blog

S. Domingos - Resumo da s...

Ovelheiro

Igreja da Abobeleira

Nadir Afonso - Doutor Hon...

Encontro dos Bloguistas d...

Recanto de Valdanta

A D. Maria Isabel faleceu

É preciso ir aos treinos

arquivo

Março 2013

Janeiro 2013

Agosto 2012

Maio 2012

Março 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006