Imagens, Comentários e Estórias de Valdanta (Chaves) e das suas gentes. O meu endereço é "pereira.mos@sapo.pt"
Sábado, 4 de Agosto de 2007
1.º Aniversário do Blog

DSCF0059

 

 

 Há precisamente 1 (um) ano nasceu este humilde espaço dedicado à freguesia de Valdanta. Foi numa altura menos boa da minha vida pois tinha perdido recentemente, em circunstâncias trágicas, a minha irmã Laida e foi com o coração e a alma despedaçados que me propus fazer algo interessante pela terra que me viu nascer pois, como dizia Zeca Afonso, “Só se lembra dos caminhos velhos quem tem saudades da terra”. Propus-me contar estórias, fazer comentários, mostrar imagens e até dar notícias sobre Valdanta e as suas gentes, principalmente para quem vive longe e tem saudades da terra.
 
De tudo aconteceu um pouco, com venturas e desventuras, momentos de alegria e boa disposição, de tristeza e raiva lá se foi construindo este espaço que, muito me apraz referir, foi reconhecido e acarinhado por toda a gente, residentes e ausentes, de perto e de longe, basta olhar para o número de visitantes que fizeram o favor de olhar para nós (mais de 39.000), embora esta contagem só tenha tido início no dia 1 de Novembro.
 
Fiz muitas, boas e novas amizades, reencontrei amigos que há mais de 40 anos não via, comuniquei com conterrâneos distantes que vivem a muitos milhares de quilómetros das suas origens e que viram neste Blog um ponto onde matar muitas saudades e até fui homenageado e acarinhado por familiares, amigos, ex-colegas de escola, bloguistas da região de Chaves e até pessoas simples e anónimas.
 
Foi, de facto e sem sombra de dúvida, um ano muito positivo e com uma experiência de vida digna de louvar, pois até consegui fazer que alguém que se tinha afastado definitivamente das suas origens aqui voltasse mas com um amor e paixão redobrados.
 
Fui atraiçoado pelo meu estado de saúde em dois momentos críticos, o último dos quais há cerca de quinze dias, pois fui de urgência para o Hospital de S. Francisco Xavier em Lisboa onde estive internado 12 dias mas, graças a uma equipa de profissionais espectacular, estou a recuperar positivamente.
 
Graças a esta situação anómala não me é possível estar hoje em Valdanta para dar a minha voltinha em volta da igreja paroquial e cantar ao S. Domingos de Valdanta fazendo prova da minha fé e do meu encantamento pelo nosso Padroeiro.
 
Tenho notícias de que as coisas da festa não estão a correr da melhor forma pois a Procissão foi encurtada e até nem passou pela zona histórica da aldeia. Sei que não há qualquer divertimento nem motivo para estriar uma “roupa nova” ou deitar um foguete. O mesmo não direi para beber um copo ou comer um almoço melhorado. Haja ALEGRIA!...
 
Apresento-vos uma imagem do S. Domingos de Gusmão ou de Valdanta, como queiram, com votos de que para o ano seja melhor e para isso já recebi promessas dos referidos mordomos.
 
Daqui, das fraldas da serra do Reboredo, envio um abraço e o meu agradecimento para todos e a promessa de continuar conforme posso e sei a mostrar a nossa terra.
 
BEM HAJAM
 
José Pereira
 

sinto-me: Orgulhoso

publicado por J. Pereira às 17:35
link do post | comentar | favorito

9 comentários:
De A.Cruz a 6 de Agosto de 2007 às 13:51
Amigo Zé parabéns pela iniciativa !
Sabemos das dificuldades encontradas, mas também sabemos da coragem, da vontade, e do amor a VALDANTA !
Que este dia se repita por muitos anos!


De Marcelo Barreira a 7 de Agosto de 2007 às 13:51
Amigo Pereira,

Esse "humilde espaço" assim denominado por ti tem um imenso tamanho para mim que tu nem imaginas, um meio de poder estar bem próximo de pessoas e de uma terra que aprendi a amar, um meio de poder matar as saudades dos familiares dos amigos e ao mesmo tempo aprender as muitas histórias que voce sempre nos contempla.
Por isso deixo meus sinceros votos parabenizando-o por esse magnífico blog e faço isso com eterna gratidão de um valdantino que mesmo longe está sempre presente no pensamento.
Obrigado Pereira e que Deus te de muita força para que continue a publicar esse blog por muitos e muitos anos.

PARABÉNS!!!!!!!!!!!!!

Marcelo Barreira - Rio de Janeiro - Brasil


De riolivre a 7 de Agosto de 2007 às 23:39
Caro amigo José Pereira,
Facilmente me apercebi que o estado de saúde ainda não é o melhor.
Pressinto, todavia, que a sua tenacidade vai fazendo com que se processe alguma evolução positiva.
Espero, sinceramente, que recupere totalmente as suas faculdades e que continue a presentear-nos com esses interessantíssimos textos que nos vão obrigando a visitar e a conhecer melhor a sua Valdanta.
Um abraço.
Celestino Chaves


De J. Pereira a 9 de Agosto de 2007 às 21:22
Obrigado pela atenção que todos me têm dispensado, mas tenho-me visto aflito para me desfazer desta maldita praga, mas uma coisa vos garanto é que vou lutar até vencer.
Um abraço para todos


De miguel alves a 10 de Agosto de 2007 às 16:57
Zé desde o alentejo mando-te um grande abraço,tem a força que sempre tiveste e de certeza que vais vencer mais uma batalha no meio desta guerra que é a vida!


De José Costa a 10 de Agosto de 2007 às 18:51
Em primeiro lugar, o desejo de uma boa e rápida recuperação. A seguir, quero dar-te os parabéns pela feliz ideia que tiveste na criação deste espaço que está a revelar-se como pólo aglutinador dos Valdantenses. Aos poucos, penso que todos, ou quase todos, darão “sinais de vida”.

Estou longe e, como não tenho fotos nem notícias para enriquecer o teu blog, mando-te este poema dedicado a Valdanta, que pretende retratar as sensações e emoções de todos os filhos da terra, ausentes, quando a ela regressam.



Chegada a Valdanta


A longa viagem
Já vai terminar,
Está perto do fim,
Estou mesmo a chegar.

O cansaço é grande,
A ansiedade também,
Falta muito pouco
P’ra te ver Terra Mãe.

Tantas saudades
Que tive de ti,
Desde o triste dia,
Quando de cá saí.

E ao ver as casas
Na encosta da serra
A emoção é tanta!...
Choro de alegria,
Estou na minha terra!
Cheguei a Valdanta!



De Luís da Granjinha a 10 de Agosto de 2007 às 21:07
Sr. José Costa

Felicito-o pela sua inspiração poética.
Parabéns!
É assim mesmo!
VALDANTA (a Freguesia) - Abobeleira, Cando, Granjinha e Valdanta precisa e Merece esses, e outros mais, «sinais de vida».

Luís da Granjinha


De J. Pereira a 10 de Agosto de 2007 às 21:56
Obrigado Zé.
Adorei este poema, pois, como diz o senhor Luís, é com estes pormenores que enriqueremos a nossa terra.
Desde as margens do Douro Superior mando um abraço para esse Escalabitano, Luandino, Setubalense e principalmente Valdantano.
Há coisas que não se vêem mas sentem-me, principalmente no coração.
Espero por mais momentos destes.
Um abraço


De hpserra a 13 de Agosto de 2007 às 00:28
Parabens, Caro Zé Pereira- Para ano que vem, cá estaremos aqui a apagar uma parelha de velinhas, certo?


Comentar post

J. Pereira
Março 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


O Tempo em Valdanta
blog-logo
Flavienses TT
Visitas
posts recentes

Uma Matança em Valdanta

Mais reis

Os Reis de 2013 cantados ...

S. Domingos

Cantos da minha paixão

O Folar de Chaves

Neblina até Curalha

Grupo AMIZADE

CALDO DO POTE (para o Nov...

Boas Festas

O Cando com Encanto

Valdanta está em festa

Festa de S. Domingos - Pr...

Um amigo está doente

“Maldição de S. CAETANO(?...

Xinder

Princípio do Fim

Brincadeiras

UMA PÁSCOA EM TEMPO DE CR...

Missa de 7.º Dia

Recantos da minha Terra

Geração à Rasca

Valdantenses por outras p...

A Primavera vem aí

S. Domingos 2011

Amendoeiras em Flor

Reflexos

Tive Sorte

Recantos

Beleza de Valdanta e do M...

Esclarecimento

O recreio da minha escola

Um bom serão

Torneio de FUTSAL

Os Reis

Hoje é dia de Reis

Feliz 2011

Feliz Natal

Matança do Reco na ABOBEL...

O Blero

G. D. de Chaves (anos 50)

4.º Aniversário do Blog

S. Domingos - Resumo da s...

Ovelheiro

Igreja da Abobeleira

Nadir Afonso - Doutor Hon...

Encontro dos Bloguistas d...

Recanto de Valdanta

A D. Maria Isabel faleceu

É preciso ir aos treinos

arquivo

Março 2013

Janeiro 2013

Agosto 2012

Maio 2012

Março 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006