Imagens, Comentários e Estórias de Valdanta (Chaves) e das suas gentes. O meu endereço é "pereira.mos@sapo.pt"
Sábado, 9 de Junho de 2007
Isto é uma desgraça

 

 

 

Estas casas com entrada directa pela via pública, de varanda e escada viradas para a rua são típicas de quase todas as aldeias trasmontanas e, além do acesso directo à habitação, são também, como que uma sala de estar e de visitas da comunidade, pois aqui se estava com os vizinhos, amigos e até visitas. Daqui se via e se apreciava o que se passava na vizinhança.

Era por aqui que se fazia a circulação e serventia entre os baixos da casa (loja), normalmente destinados a arrumações dos produtos agrícolas e ao alojamento dos amimais domésticos e a zona residencial. Enfim, era por aqui que passava toda a lide caseira e familiar.

Um dia, a dona de uma casa destas (não esta) levava uma "abada" de batatas para os porcos, mas ao apanhar o avental também apanhou a saia e, como naquele tempo poucas mulheres usavam cuecas, esta também não trazia nada por baixo, deixando tudo "ao léu".

A vida da senhora não estava a correr bem e estava muito aborrecida. Desespedada, gritava pela escada a baixo, barafustando:

- Isto é uma desgraça!... Isto é uma desgraça!...

O Blero que, por acaso, ia passando por ali na sua volta costumeira, olhou para ver qual seria a desgraça. Fungou, mirou melhor, tossiu e com aquele sorriso malandro diz para as "cuscas" que também se tinham aproximado para saber da desgraça:

- Não é desgraça nenhuma!... E volta a fungar.

- Tem-a no mesmo sítio da minha mulher!...



publicado por J. Pereira às 10:07
link do post | comentar | favorito

2 comentários:
De ÁguasFrias a 9 de Junho de 2007 às 11:15
Parabéns J. Pereira
Interessante o modo como conseguiu, num mesmo texto, descrever o tipo de casa típica, o seu uso e ainda nos consegue presentear com uma pitoresca estória . Bom,.. "desgraça" só será, se não nos continuar a presentear com textos destes.
Um abraço
ProfValbom


De A.Cruz a 9 de Junho de 2007 às 16:27
É realmente uma desgraça, que o poder autárquico não procure incentivar os proprietários destas casas na sua recuperação.
Se não é possível financiar a sua reconstrução, deveria apoiar quem procede-se à sua reconstrução mantendo a traça original, entre outros incentivos, pelo menos dispensar os seus proprietários de pagamento de IMI (contribuição autárquica), tanto destas casas nas Aldeias, como as casas do Centro Histórico das cidades. Assim temos também nas aldeias, já a surgir verdadeiros mamarrachos, ditas "vivendas" plantadas no lugar de casas típicas, o cimento no lugar do granito. E temos o exemplo a meia centena de metros desta ainda típica habitação. É preciso é deitar abaixo e construir de novo, que o "poder" precisa de verbas, construir, em qualquer lado de qualquer maneira, mesmo desrespeitando regras. Já sabemos que não adianta bater no ceguinho, as típicas aldeias estão a desaparecer ou então descaracterizadas...Ficará apenas na memória de alguns as estórias lá vividas !!!


Comentar post

J. Pereira
Março 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


O Tempo em Valdanta
blog-logo
Flavienses TT
Visitas
posts recentes

Uma Matança em Valdanta

Mais reis

Os Reis de 2013 cantados ...

S. Domingos

Cantos da minha paixão

O Folar de Chaves

Neblina até Curalha

Grupo AMIZADE

CALDO DO POTE (para o Nov...

Boas Festas

O Cando com Encanto

Valdanta está em festa

Festa de S. Domingos - Pr...

Um amigo está doente

“Maldição de S. CAETANO(?...

Xinder

Princípio do Fim

Brincadeiras

UMA PÁSCOA EM TEMPO DE CR...

Missa de 7.º Dia

Recantos da minha Terra

Geração à Rasca

Valdantenses por outras p...

A Primavera vem aí

S. Domingos 2011

Amendoeiras em Flor

Reflexos

Tive Sorte

Recantos

Beleza de Valdanta e do M...

Esclarecimento

O recreio da minha escola

Um bom serão

Torneio de FUTSAL

Os Reis

Hoje é dia de Reis

Feliz 2011

Feliz Natal

Matança do Reco na ABOBEL...

O Blero

G. D. de Chaves (anos 50)

4.º Aniversário do Blog

S. Domingos - Resumo da s...

Ovelheiro

Igreja da Abobeleira

Nadir Afonso - Doutor Hon...

Encontro dos Bloguistas d...

Recanto de Valdanta

A D. Maria Isabel faleceu

É preciso ir aos treinos

arquivo

Março 2013

Janeiro 2013

Agosto 2012

Maio 2012

Março 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006