Imagens, Comentários e Estórias de Valdanta (Chaves) e das suas gentes. O meu endereço é "pereira.mos@sapo.pt"
Segunda-feira, 25 de Janeiro de 2010
O "Mineiro"

 

Este amigo é mais um Pereira de Valdanta, Domingos Pereira, filho do ti Damião "Maçacuca" Pereira e que de muito novo partiu para outras paragens do outro lado do Atlântico.

Saiu de Valdanta muito novo e num barco a vapor rumou a Terras de Vera Cruz, onde aportou na baia de Guanabara. Por lá "moirou" durante alguns anos até procurar, mais a norte, as terras do "oncle Sam" e aí tem permanecido.

Como todos os emigrantes, também, um dia, voltou à "santa" terrinha, para matar saudades e ver amigos e familiares.

Vimo-lo por lá por alturas do S. Domingos de 2008, mas só agora, por razões diversas, foi possível trazer aqui a nossa homenagem.

Desejamos-lhe as maiores felicidades emuita saúde.

 



publicado por J. Pereira às 21:53
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

Domingo, 17 de Janeiro de 2010
Ainda os Reis de S. Sebastião

Hoje apenas quero mostrar algumas pessoas especiais nos Reis de S. Sebastião. Gente que está sempre na linha da frente, por isso a nossa homenagem.

 

Aqui é o senhor João Cruz da Granjinha, ou do Cando, como quizerem, mas que, apesar dos azares e agruras que a vida lhe tem proporcionado, está sempre pronto para tudo e a fazer questão de ouvir cantar e com a mesa sempre pronta.

 

O senhor João da Abobeleira sempre presente, nesta e noutras ocasiões. Pode-se contar sempre com ele.

 

O Lelo do Parada, que veio do Canadá para animar as hostes.

 

 Um neto do ti Zé António Barreira.

 

Os filhos do senhor João Cruz, uns Morilhos por excelência e bons animadores da tradição.

 

O senhor presidente da Junta de Freguesia de Valdanta, animador e defensor das tradições. Contamos com ele para que a tradição não acabe.

 

O "Silva", Armando Coelho. Silva porquê? Trabalhador incansável ao serviço da comunidade.

 

O Pedro Jorge, veio do Canadá e deu a volta completa com o saco das esmolas.

 

A senhora Alda Pereira presenteou-nos com a sua presença e fez parte da equipa de trabalhadoras que graciosamente serviram os cantadores. A presença dela lembra-nos sempre aquele que foi um dos melhores jogadores de futebol do Desportivo de Chaves. Para o Alexandre (Valdanta), a nossa saudade.

 

A Quina aparece sempre para animar o bailarico final da festa.

 



publicado por J. Pereira às 21:20
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Segunda-feira, 11 de Janeiro de 2010
Os Reis de S. Sebastião 2010

Os Reis de S. Sebastião 2010


“Cada roca tem seu fuso assim como cada terra tem seu uso”. Este ditado muito antigo e verdadeiro diz bem das tradições populares de cada terra ou região.
Existe a Senhora do Engaranho, a Senhora do Almortão, a lenda da fonte de moura ou da fonte do ouro, as gravuras do Outeiro Machado ou de Foz Côa, e, nós temos a tradi-ção de cantar os Reis de S. Sebastião.
Esta tradição secular com base numa promessa das gentes crentes da freguesia de Val-danta para que S. Sebastião lhes protegesse as suas crias das pestes que as atormenta-vam, tomou proporções e estatuto de cerimónia e património de todos.
Nestes tempos modernos que atravessamos muitas coisas mudaram e se extinguiram ou estão em vias de extinção. Penso que há muita gente por Valdanta que já está farta des-tas festas e já se começa a ouvir frases como esta “não dou dinheiro para sustentar pan-çudos” ou “quem quer ir deve ir comer a sua casa, por isso não dou dinheiro para come-zainas”.
Quem pensa assim está enganado, pois se toda a vida houve quem assumisse o “cantar dos Reis” com as suas fracas posses e fazia a festa conforme podia, hoje há muita gente que não quer ter despesas e toda a gente entende que assim deve ser, por isso a Comis-são fabriqueira da paróquia de Valdanta com o apoio da Junta de Freguesia em boa hora tomou a iniciativa de organizar e cantar os Reis, e isso já há algum tempo que vem acontecendo e eu repito, em boa hora, mas há sempre quem critique e que ache que há politiquice no assunto e que isto é para favorecer este ou aquele partido.
Eu defendi e defendo a criação de uma Associação apartidária que sirva para estas e outras coisas boas da nossa tradição popular. É claro que este caso tem que ser iniciado a partir de Valdanta com gente residente sem interesses político-partidários.
Vejo com agrado, mas ao mesmo tempo alguma tristeza que várias pessoas de Valdanta fazem parte do Grupo Amizade com muito valor e dedicação. Porquê, não há um grupo em Valdanta? Porque não há uma organização que tome isso a seu encargo. Porquê, é necessário haver desentendimento todos os anos para que os Reis sejam cantados?
Vamos ao assunto sem medo ou preconceitos e teremos, no futuro, muito mais prazer e orgulho na nossa freguesia.
O certo é que a tradição, mais uma, vez foi cumprida.

O repórter começou tarde e pela capela da Granjinha.

 

Na Granjinha há sempre um lugar especial, a casa do sr. Cruz.  Um abraço para ele e que as suas melhoras sejam rápidas.

 

A alegria foi constante durante todo o dia.

 

 

Até nas Casas dos Montes gostam de nós.

 

Pausa para o almoço. Parabéns ao mestre e suas "partenairs".

 

 

 

Na Igreja Paroquial é momento solene.

 

 

Na casa do sr. Alberto também foi cumprida a tradição.

 

 

O repasto dos guerreiros.

 

Aqui até o cozinheiro tocou e cantou.

 

Por fim as senhoras que ajudaram colaboraram na festa.

Para o ano que vem haverá mais concerteza.

 



publicado por J. Pereira às 21:21
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito

Quarta-feira, 6 de Janeiro de 2010
Vamos cantar os Reis

 

 

No próximo sábado vamos percorrer a freguesia de Valdanta batendo a todas as portas para cantar os Reis de S. Sebastião, uma tradição que remonta a tempos muito antigos, de que ninguém sabe ao certo quanto tempo, mas que é importante não terminar e não deixar esmorecer o entusiasmo das pessoas, por isso eu vou lá para ver mais de perto a minha gente.

 



publicado por J. Pereira às 23:10
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

J. Pereira
Março 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


O Tempo em Valdanta
blog-logo
Flavienses TT
Visitas
posts recentes

Uma Matança em Valdanta

Mais reis

Os Reis de 2013 cantados ...

S. Domingos

Cantos da minha paixão

O Folar de Chaves

Neblina até Curalha

Grupo AMIZADE

CALDO DO POTE (para o Nov...

Boas Festas

O Cando com Encanto

Valdanta está em festa

Festa de S. Domingos - Pr...

Um amigo está doente

“Maldição de S. CAETANO(?...

Xinder

Princípio do Fim

Brincadeiras

UMA PÁSCOA EM TEMPO DE CR...

Missa de 7.º Dia

Recantos da minha Terra

Geração à Rasca

Valdantenses por outras p...

A Primavera vem aí

S. Domingos 2011

Amendoeiras em Flor

Reflexos

Tive Sorte

Recantos

Beleza de Valdanta e do M...

Esclarecimento

O recreio da minha escola

Um bom serão

Torneio de FUTSAL

Os Reis

Hoje é dia de Reis

Feliz 2011

Feliz Natal

Matança do Reco na ABOBEL...

O Blero

G. D. de Chaves (anos 50)

4.º Aniversário do Blog

S. Domingos - Resumo da s...

Ovelheiro

Igreja da Abobeleira

Nadir Afonso - Doutor Hon...

Encontro dos Bloguistas d...

Recanto de Valdanta

A D. Maria Isabel faleceu

É preciso ir aos treinos

arquivo

Março 2013

Janeiro 2013

Agosto 2012

Maio 2012

Março 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006