Imagens, Comentários e Estórias de Valdanta (Chaves) e das suas gentes. O meu endereço é "pereira.mos@sapo.pt"
Domingo, 4 de Fevereiro de 2007
O Manuel Carneiro

Aqui há dias passei pelo Cando e encontrei o Manuel Carneiro, tirei-lhe uma fotografia e conversei um bocadinho com ele. O Manuel tem algumas alcunhas e sem querer ofender ninguém, quando não são depreciativas, gosto de tratar as pessoas pelo nome pelo qual são mais conhecidas, mas hoje não o vou fazer. Assim o Manuel Carneiro é conhecido por “Leitão” ou “Luxo”. Leitão por ser bom de boca. Luxo, não sei, mas também não importa.

Como o Manuel sempre teve necessidade de muita comida e, tempos houve em que a fartura era escassa, para melhorar o seu recheio o Manuel faz um negócio com o irmão.

É necessário dizer aqui que o irmão andava, nessa época, a estudar no Seminário de Vila Real, onde se ordenou, licenciando-se mais tarde em Direito e deixando o celibato passou a exercer a profissão de professor.

Quando se fala aos jovens de hoje que, noutros tempos, uma sardinha tinha que dar para dois, riem-se e não acreditam. Imaginem o Manuel com um bocadinho de sardinha, e se calhar até era das “escotchadas”, isto é, para quem não sabe, sem cabeça.

Um dia, estavam para almoçar e o Manuel viu que só comeria metade de uma sardinha, batatas não faltariam, mas apenas metade de uma sardinha era muito pouco para a fome dele. A outra metade seria para o irmão, mas a gula, fome ou vontade de comer era tanta que resolveu propor ao irmão:

- Ó Zé, deixo-te cortar um dedo se me deres a tua metade da sardinha.
- Aceito. Põe o dedo no cepo de pitar a lenha que o corto já.
- Mas olha que se não me deres a tua metade depois pagas-mas.
- Dou. Põe ali o dedo.

Não sei se o Manuel pensou que o irmão não teria coragem de fazer aquilo ou se a fome era tanta que só já via a sardinha inteiro no prato dele. O Zé pegou na machada e repe-tiu:
- Põe ali o dedo que já to corto!...

O Manuel põe o dedo indicador da mão direita no cepo e o Zé …Zás… com um só golpe corta o dedo ao irmão.
Assim o Manuel comeu uma sardinha inteira, mesmo ficando sem o dedo para o resto da vida.

Contei esta história, não para menosprezar o Manuel e muito menos para gozá-lo, mas para dar a conhecer aos mais novos como eram difíceis outros tempos e que as farturas de que dispõe neste momento não sejam tão esbanjadas porque há ainda muitas pessoas perto de nós a passar dificuldades.






publicado por J. Pereira às 01:43
link do post | comentar | favorito

1 comentário:
De A.Cruz a 4 de Fevereiro de 2007 às 15:15
Belo "retrato" a todos os níveis de um homem bom da nossa terra!


Comentar post

J. Pereira
Março 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


O Tempo em Valdanta
blog-logo
Flavienses TT
Visitas
posts recentes

Uma Matança em Valdanta

Mais reis

Os Reis de 2013 cantados ...

S. Domingos

Cantos da minha paixão

O Folar de Chaves

Neblina até Curalha

Grupo AMIZADE

CALDO DO POTE (para o Nov...

Boas Festas

O Cando com Encanto

Valdanta está em festa

Festa de S. Domingos - Pr...

Um amigo está doente

“Maldição de S. CAETANO(?...

Xinder

Princípio do Fim

Brincadeiras

UMA PÁSCOA EM TEMPO DE CR...

Missa de 7.º Dia

Recantos da minha Terra

Geração à Rasca

Valdantenses por outras p...

A Primavera vem aí

S. Domingos 2011

Amendoeiras em Flor

Reflexos

Tive Sorte

Recantos

Beleza de Valdanta e do M...

Esclarecimento

O recreio da minha escola

Um bom serão

Torneio de FUTSAL

Os Reis

Hoje é dia de Reis

Feliz 2011

Feliz Natal

Matança do Reco na ABOBEL...

O Blero

G. D. de Chaves (anos 50)

4.º Aniversário do Blog

S. Domingos - Resumo da s...

Ovelheiro

Igreja da Abobeleira

Nadir Afonso - Doutor Hon...

Encontro dos Bloguistas d...

Recanto de Valdanta

A D. Maria Isabel faleceu

É preciso ir aos treinos

arquivo

Março 2013

Janeiro 2013

Agosto 2012

Maio 2012

Março 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006